AMOR MEU GRANDE AMOR!

                                                                                  
Amor meu grande amor..
AH! Como chora um coração sem ódio.
A relembrar sonhos e afagos.
De asas dormentes e olhos vagos
Um vazio de solidão que acalma.
Lá longe o vento cochichante voa
Eu sigo seu rumo com o coração.
Onde vais irá meu lamento..
Onde chegares. chegrá meu pensmento.
Caminho estenso e vário..
de desventura e saudade..
Em tão profunda escuridade..
OH! Lírio Azul do meu calvário!
Na prisão triste dos sonhos meus..
E os sonhos eu vejo..
Batendo asas.. Dizendo. Adeus...
 Jane Freitas..

Um comentário:

  1. Adorei demais essa poesia,que é a minha razão de ser.

    ResponderExcluir